Report Menu
Menu

Controle do câncer, acesso e desigualdade na América Latina

November 01, 2017
Latin America
Este programa de pesquisa examina os esforços existentes para o controle do câncer na América Latina. Ele avalia detalhadamente os aspectos positivos e as barreiras atuais com os quais os governos latino-americanos se deparam em sua luta contra o câncer e para oferecer prevenção e tratamento às suas populações.

A The Economist Intelligence Unit criou o Escore Latino-Americano do Controle do Câncer (Latin America Cancer Control Scorecard, LACCS) para avaliar as políticas e programas de controle do câncer em 12 países da região. O LACCS mostrou que diversos países criaram ou fortaleceram seus Planos Nacionais de Controle do Câncer. No entanto, de modo geral, os planos não são suficientemente abrangentes e carecem de financiamento. Também houve progresso na implementação de registros de dados sobre o câncer na população, mas os problemas com a qualidade e a abrangência dos dados persistem. Outras áreas com espaço para melhorias incluem as altas taxas de diagnóstico em estágios avançados, a insuficiência de recursos para as necessidades atuais e futuras nos cuidados ao câncer, a fragmentação dos sistemas de saúde e as desigualdades no acesso aos cuidados médicos.

Industries Covered

Tags

Receive forward-looking perspectives from our editors - Sign up for our Weekly Digest